Quote of the day

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Gregos e Troianos

Oras, mas cansei de ficar me moldando do jeito que todo mundo quer! Descobri que é impossível agradar a todos.

Me digam, desde quando PERDOAR se tornou uma coisa ruim?! É tão difícil fazer isso! Perdão não é coisa pra fracos, é coisa pra nobres. E tem gente me apedrejando porque eu perdoei. Dizem que fui fraca. Que sou idiota. Que estou muito enganada em achar que dessa vez será diferente.
Se não perdoasse, ia ficar frustrada, reclamona e mais gente ia me apedrejar. E iam dizer algo do tipo: "se você tivesse perdoado, não estaria aí amargurada, estaria feliz!". Vá entender!

Daí no meu emprego, eu tava vivendo um inferno. Um verdadeiro complô contra mim foi armado, uma armadilha digna de um jogo de RPG. Eu estava disposta a lutar com todas as armas, mas de repente me bateu uma luz. Que arma eu tenho? Uma corda! E a corda sempre arrebenta do lado mais fraco! Resolvi não me render, mas fazer uma trégua. Senti um alívio no peito ao assinar aquele aviso prévio! Sair daquele lugar onde eu me sentia numa ditadura, censurada e alvo de exílio a qualquer momento, foi priceless.

Chego em casa minha mãe me esculhamba dizendo que tinha cedido fácil e que eles iam queimar meu filme no mercado. Ou seja, eu tinha que ficar sobrevivendo àquele inferno, que só estava me arrancando os cabelos de tanta raiva? UAI!

E entre tantas outras coisas que andam me apurrinhando! Dualidades com as quais tenho que lidar todos os dias: sou pontual e querem que eu seja atrasada. Quero trabalhar na minha área e nego me pressiona pra fazer concurso público. Malho muito e nego vem me dizer que eu não posso comer pipoca doce e tomar coca-cola. Não sou soprano nem contralto, sou mezzo soprano. Não querem que eu tenha cartão de crédito, mas eu tenho que fazer dívidas. Não posso usar sapatilha pra sair porque é feia, mas salto alto machuca meu pé. E por aí vai...

Quando é que o mundo vai me deixar em paz? Que coisaaa!

sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Covardias do dia-a-dia

Hey, Feliz 2010!
Abri essa página por falta de sono. Na verdade, falta de vontade de dormir.
Tenho que reclamar das covardias as quais fui submetida de uns tempos pra cá.

Com certeza, a maior delas foi ter juntado 3 co-workers, armado a rebelião do proletariado e pedido aumento pro meu chefe. O que tem de ruim nisso? Tem que além de não nos dar o aumento, ele nos deu férias forçadas e nos moveu de departamento até segunda ordem. E meus companheiros temerosos não tiveram a coragem de dizer "I QUIT!". É. Por essa razão, estou aqui eu de férias de tudo quanto é possível estar, sem dinheiro, sem praia. Sem vontade de dormir.

Outra covardia que aconteceu antes do ano acabar foi eu ter que sair com um homem gorgeous, mas levar minha amiga comigo para que ela não me deixasse cometer o delito de não resistir aos encantos dele. Eu por acaso mencionei que ele é comprometido? Pois é. Eu resisti!

Depois assim: eu recebo dois convites para passar FDS fora. O mesmo FDS. Pessoas totalmente diferentes. Conteúdos totalmente diferentes. Cachoeiras, piscinas, lagoas. E eu? Adivinha?! Naqueles dias!

É, como diriam alguns contemporaneos quando eu era criança, infelizmente o mundo não é amarelo com pontinhos rosa.

Hay que endurecer. Pero perder la ternura, jamás.

---------------------------------------------------------------------------------------

PS: se houver algum erro de ortografia, my bad. Esse lap top é mt diferente, não sei onde ficam os acentos! hehehe