Quote of the day

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Quando a vida bagunça a gente.

É, você não leu errado, não.
Dessa vez não fui eu que baguncei a vida, ela que me bagunçou.
Não sei se vocês já sentiram como se não fizesse parte do mundo, de fato.
Parece que não posso tomar nenhuma decisão - nem sei. Ou não deveria, porque só tomo as erradas.
E o pior disso tudo é que esse sentimento se estende por todos os aspectos da minha vida.
É assim:
Carreira? Não posso ser cantora, não consigo ser tradutora, não quero ser professora, tenho pavor de concurso. Tudo errado.
Vida amorosa? O de 19 anos e o ex da minha amiga. Tudo errado.
Vida em família? Quero harmonia, mas não sou exemplo disso. Tudo errado.
Vida religiosa? É tanta coisa para questionar, tanta coisa travada na garganta. O grito preso. Tudo errado.
Você está triste? Não. Você está feliz? Também não.
É mais ou menos assim a descrição de alguém que não consegue tomar as rédeas da própria vida e está basicamente esperando que algo caia do céu para mudar tudo automaticamente. Porque a impressão que tenho é que tudo fugiu das minhas mãos. E eu nem vi!