Quote of the day

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Morre o Rei do Pop

É a primeira vez que eu presencio um acontecimento histórico como esse. Digo, várias personalidades importantes já morreram desde que nasci, mas acho que só agora tenho maturidade suficiente para entender a magnitude dessa novidade.

Michael Jackson era um menino pobre que com seu talento indiscutível para música conquistou as platéias de todo o mundo e mudou a história do POP. Como ele, nunca houve outro. O cenário da música POP se divide em pré e pós Michael Jackson. E surgiram muitos para tentar desbancá-lo, mas ninguém chegou nem perto disso. Envolvido em várias polêmicas como preconceito contra a própria cor - nunca viu-se um homem mudar a cor da pele tão radicalmente! - e pedofilia, Michael Jackson permanecia insuperável, mesmo após tantos escândalos. Não se sabia ao certo do homem Michael, mas o artista Michael era incontestável.

Quais serão as repercussões da morte de alguém INSUBSTITUÍVEL?

Sem aquela baboseira de que ninguém é insubstituível e bla bla bla. Porque ele pode até ser substituível como pessoa, mas uma lenda dessas, não morre nem com a morte.
Michael será como Elvis, lembrado através de gerações, inclusive as que não tiveram o privilégio de ouvir sua voz inconfundível, seu fôlego interminável e seus passos de dança imitados por todo o mundo.

Michael não é apenas insubstituível. É imortal. A morte pode levá-lo em corpo, mas a história jamais deixará morrer alguém como Jackson.

Rest in peace.

2 comentários:

Babi Freitas disse...

Michael não morreu!

Kérow disse...

RIP! DEUS ..VAMO PARAR DE MORRER MINHA GENTE!