Quote of the day

sábado, 10 de julho de 2010

Comunicadores Internos

MSN, Gtalk e afins são mania mundial e geralmente de acesso estritamente proibido dentro das empresas.

Eis que na empresa onde trabalho, a fim de melhorar a comunicação entre os funcionários, foi instalado um programa de comunicação interna.

FUNCIONOU!

Os funcionários começaram a se comunicar tanto, que as conversas viraram jogos virtuais de adedonha em dias tediosos, discussões sobre o sexo dos anjos, piadas, comentários e apostas futebolísticas, sessões de psicoterapia, entre outros. Enfim, comunicação verdadeiramente interna.

A diretoria resolveu então interferir na demasiada boa comunicação entre os funcionários, colocando de plantão um vigia da informação, mais conhecido nos tempos de colégio como X-9. O tal, cumprindo com perfeita maestria sua função, delatou todos os colegas de trabalho, colocando assim, o pescoço de todos na guilhotina. Acredita-se que até as conversas cuidadosamente realizadas em outro idioma foram devidamente traduzidas para fins de descoberta de informações valiosas.

Hoje teve reunião de bronca. Fomos pegos com a boca na botija. Afinal de contas, não utilizávamos o SPARK apenas para trocar dados de trabalho, mas também alguns que nos ajudam a lidar melhor uns com os outros, aperfeiçoando assim, a nossa qualidade dentro da empresa, penso eu. Nos tornamos amigos através do SPARK!

Agora, além de nos sentirmos na casa do Big Brother Brasil, vigiados 24h por dia, ouvimos falar em lei do silêncio, baias com isolamento acústico e quaisquer outras barreiras para impedir a comunicação e boa relação entre os empregados.

O jeito foi voltarmos diretamente para a 5ª série e trocar bilhetinhos e aviõezinhos de papel. Desta forma demora mais, mas pelo menos podemos falar sem censura. Pelo menos até descobrirem o nosso mais moderno sistema de relações humanas!

Um comentário:

Carol disse...

Gente, sempre tem alguém zé que, geralmente, por ser excluído (ou se auto-excluir) dessas coisas, acaba estragando a brincadeira do resto! Mas o lado bom que pelo que parece, o pessoal da sua empresa é bem unido, ou pelo menos se dá bem... pq isso nao acontece em qq lugar!
Dany, vc perguntou sobre o lance da faculdade, e eu acho que só na UnB é que é assim (modelo americano) o resto das faculdade no Brasil, pelo menos a maioria delas, funciona tipo ensino médio, onde vc faz as matérias com os mesmos coleguinhas hehehe

Bjao!!