Quote of the day

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Quando você se sente fabulosa


Têm dias em que você acorda se sentindo a mosca do cocô do cavalo do bandido. E já tem muita gente por aí descrevendo essa sensação. Por isso hoje, que acordei me sentindo fabulosa, resolvi escrever sobre.

Eu não ia me encontrar com ninguém. Nem com amigos, nem com algum gatinho. Muito pelo contrário! Meu dia começou muito cedo, eu tendo que dar aula para um aluno VIP - coisa que eu nunca fiz na vida! - às 8h da manhã. Pra não dizer que Murphy não tentou me espizinhar (é assim?), chegando lá, descobri que o livro que eu tinha que ensiná-lo era um nível acima do que me disseram. Cometeram um erro grave, porque o aluno é de nível avançado, eu não poderia dar a aula sem me preparar antes. Mas fui. E deu tudo certo. E foi aí, que eu comecei a me sentir fantástica!

Saí do prédio irradiando luz, rebolando mais do que de costume e possuindo cada centímetro da cidade enquanto eu andava. Ouvia música no MP3 e me sentia como se estivesse num videoclipe. Meus cabelos esvoaçavam e cada música que passava parecia expressar como eu me sentia(quando começava a passar música "deprê" eu logo mudava!)! Cheguei em casa, troquei de roupa e fui malhar. Lá na academia, fiz a aula mais pesada de todas e fui uma das únicas 3 pessoas que sobreviveram até o fim da aula. Era tanta energia, parecia que eu ia explodir! Pela primeira vez, fiz aula de Body Attack sem sentir como se eu tivesse levado uma surra depois.

Saí de lá, e curti o suor que descia em gotas pelas minhas costas e vi que ali, eu carreguei ainda mais minha bateria: estava pronta para mais 6h de jornada intensa de aulas. Entrei no ônibus e senti uma pontinha de Murphy querendo me derrubar de novo: chamei uma menina de Carol, achando que era uma amiga minha e quando vi não era. Miquinho?! Básico! Sorri, pedi desculpas e o frio na barriga da vergonha passou em 2 minutos!

Durante a tarde e a noite dei ótimas aulas, consegui sanar as dúvidas dos meus alunos, acalmar os que estavam nervosos, fazer rir os sérios e rir ainda mais com os engraçadinhos, nivelar novos estudantes, me relacionar bem com meus colegas de trabalho e chefe - importantíssimo! - e perceber que estou ganhando a confiança da coordenação da escola.

Ao sair da escola às 21h10, depois de um longo dia de trabalho, voltei andando devagar pra casa, no escuro, ainda me sentindo a própria rainha da cocada preta. E por nada!

Foi então que eu notei que eu podia não ter me encontrado com ninguem especial, mas eu havia passado o dia com uma pessoa simplesmente fabulosa: eu mesma!

4 comentários:

Miguel Sartori disse...

ulalá!!!!
essa dany eh demais!!!
simplesmente fabulosa!!! =D

tem dias que nasceram pra gente neh?

beijao!

May disse...

chique essa minha amiga!!!!!!!e não é que eu estava me sentindo super bem hj tb??? acho q o universo resolver fazer as mulheres fabulosas perceberem o quanto sao fabulosas hj!!!!!!coisa que a gente não devia esquecer nunca!!linda!!!!!!!bjuuuss!!!

Déka Rodrigues
disse...

Essa minha mana é FABULOSA mesmo!
Mana, num se sinta fabulosa por um dia, se sinta assim todos, lembre-se desse dia que vc estava desse modo, toda a vez q algo quiser te derrubar, pq vc foi capaz de provar que pode muito mais!
Eu ja me senti assim hahaha, sinceramente faz teeeempo que não me sinto mais desse modo, mas sei que ME BREVE volto á me sentir ÓTIMA e não só por um dia!
A ultima vez foi no segundo show da minha banda, nossa...ver o povo gritando, assoviando, me chamando de DIVA e dançando e pulando com a gente num teve preço, quando desci do palco, acredita que EU, ARIANA... que adora uns elogios, se sentiu muito sem graça? HAha eram tantos que eu num sabia nem oq dizer mais, só "MUITO OBRIGADA DE CORAÇÃO!" pq era realmente de coração...aio sai de la me achando a Chris Aguilera huahuauhahahuahau

Babi Freitas disse...

Ui uuuuui The Queen of Balck Cocade!
hahaha


You always look fabulous ;)