Quote of the day

domingo, 12 de abril de 2009

Quando seus pés não acalçam o chão

Todo mundo fica o tempo todo dizendo a ela que deveria controlar mais a ansiedade. Que é desesperada, paranóica, neurótica e que vive mergulhando no escuro.

Ela ouve, dá razão, sofre com isso, mas nada consegue para-la. Se ela sente, transborda. Se tem raiva, grita. Se sofre, chora. Se está feliz, brilha. Se acha graça, gargalha.

Não é como um conselho do tipo: "pare de fumar" ou "não coma muita gordura". É um conselho que diz: "ei que tal mudar um pouco sua essência, para sofrer menos?". Ah, ela sabe que já se deu mal. Mas também sabe que nada disso conseguiu fazer com que seu coração parasse de bater no ritmo em que bate.

E quando acontece algo tão desesperador que tira seus pés do chão? Quando num instante ela brilhava de emoção e no outro questionava o que diabos mudou do dia pra noite? Seus pés fora do chão... E quando isso vale tanto pra lado positivo, quanto por negativo? O que fazer quando você simplesmente não tem idéia do próximo capítulo da sua vida e o que esperar dele? Quando parece que tem gente brincando de esconde-esconde por achar isso divertido? What is she supposed to do? How is she supposed to feel?

2 comentários:

* Bee * disse...

Te entendo perfeitamente! Tu acabaste de me descrever!!! :|

* Bee * disse...

Ahhhh... Feliz Páscoa! :)