Quote of the day

terça-feira, 6 de abril de 2010

Vontade de fugir

Hoje eu sonhei que estava longe. Eu tinha viajado com meus pais pra João Pessoa e depois nós íamos pra Salvador a pé, como se fosse ali do lado.
Acordei pensando o que isso podia significar e cheguei à conclusão de que tudo isso pode ser o reflexo de um desejo que tenho constantemente: o de sumir do mapa. É engraçado como toda vez em que um problema aparece, a nossa maior vontade é de desaparecer. Acho que é sempre essa a primeira opção. Poucas pessoas pensam: “não, eu vou ficar, enfrentar o monstro com coragem, cabeça erguida, não vou desistir”. Todos nós pensamos em desistir. Todos nós pensamos em fugir. Por que o ser humano é um bicho tão covarde? Deus nos deu a coragem, a inteligência, pra alguns a paciência, pra outros o discernimento e maturidade, mas parece que, quando diante de um problema, todos eles voltam ao pó, à origem, onde não éramos seres pensantes, mas apenas seres. Nós queremos fugir. Sair correndo. Nos mudar. Jogar a toalha. Virar as costas. Desistir.
É o que senti várias vezes e estou começando a sentir de novo. Talvez esse sonho tenha sido um aviso, afinal, nós não chegamos a Salvador antes do meu relógio despertar. Ou seja, acho que não é hora de jogar tudo pro alto. Obstáculos vão existir a cada momento na minha vida. Todos os dias, se não, todas as semanas, se não, todos os meses. Imagine se eu for fugir de todos os problemas que a vida me apresentar? Viverei? Não. Porque serão muitos. Desistir é sempre mais fácil. É bem mais fácil não correr riscos e permanecer na zona de conforto, mas é de conhecimento popular que o caminho mais fácil não é o que traz a recompensa depois. Todo esforço será compensado. Toda luta terá vitória. Toda fé terá milagres. Eu preciso acreditar nisso todos os dias, para não me acovardar diante da vida. A partir de hoje: não fugir dos meus problemas. Me acompanha nessa nova resolução?

Um comentário:

Carol disse...

Acompanhadíssima!! Eu acho que parte da minha vinda pra cá tb foi fuga, e to me sentindo pronta pra encarar a vida quando voltar, pq nao tem jeito, os problemas continuam lá...

E com calma, aquelas coisas com as quais nao sabemos lidar, se ajeitam por si só...

Bjoss!