Quote of the day

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

O Natal e seus protocolos


Hoje estou aqui para analisar, protestar e me desculpar.
Analisemos o Natal. Todos nós sabemos que esse feriado é pra se comemorar o nascimento de Jesus Cristo, embora alguns aleguem que essa não foi a data em que Ele nasceu - o que na verdade, pra mim, não faz muito diferença!

Daí surge um monte de gente pseudo-revolucionária dizendo que, in fact, tudo isso é meramente comercial. É a época em que as lojas lucram mais. A taxa de empregos temporários cresce, os shoppings ficam lotados, as ruas intransitáveis, as casas cheias de luzinhas e pinheiros... Aí vai meu primeiro protesto: Por que enfeitamos tudo de acordo com a cultura nórdica?! Por acaso aqui neva?! "Ah, no Sul às vezes neva..." Ok, ok. Por acaso neva no verão?! Não né?! Por que as pessoas colocam algodão em tudo pra fingir que é neve? Por que usamos pinheiros de Natal se aqui no Brasil mal se vê os benditos?! Pois é... primeiro vestígio da tão dita "falsidade" do feriado.

Mas voltando à análise, não se pode negar que o Natal é comercial. Não é porque sou católica e sei do verdadeiro significado dessa data, que fecharei os olhos para essa realidade. Não sou hipócrita!

Mas embora este seja, ao lado de tantos outros, um feriado mega comercial, ele tem algo ímpar. Algo que não se vê nos outros feriados. As pessoas ficam diferentes! "Não sei" o que é, mas todo mundo fica solidário. Aliás, todo mundo não, mas muita gente. Fala-se em ajudar, em perdoar, em doar, em amar, em refletir...

Daí vem de novo o pseudo-revolucionário e fala que isso é um absurdo, que esse povo é tudo um bando de falso, que só fica bonzinho no Natal. Então, aqui vai meu segundo protesto: desde quando "ficar bonzinho" é defeito? Desde quando, querer ser uma pessoa melhor, independente de época do ano, é ruim?

Eu tenho uma raiva desse povo que quer dar lição de moral... Pior é que esses aí, são os que não levantam um dedoooo pra se tornar alguém melhor! Antes os que são solidários no Natal (afinal, eles nunca perdem a esperança de melhorar!) , dos que os que não são solidários nunca... Esses sim, são os verdadeiros hipócritas...!

E bom, o meu pedido de desculpas é muito ligado a isso tbm. Eu esse ano não fiz caridade no fim do ano. Assim, dei presentes, orei por pessoas, me compadeci da dor dos irmãos, mas o que me deixa indignada, é que não fiz nada por eles. Eu fiz alguma coisa ou outra durante o ano - ainda assim muito pouco! - mas é que essa época aparecem todas as oportunidades para sermos úteis! Só não ajuda, quem não quer. E estou em falta com meus irmãos! Ainda dá tempo de tentar salvar. Fazer o sorriso brotar no rosto de alguém, não tem preço. E nunca é tarde para isso!

FELIZ NATAL A TODOS!

Nenhum comentário: