Quote of the day

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Torre de Babel

Ontem foi dia do tradutor, parabéns para todos nós! Essa profissão digna, complicada, desafiadora e incompreendida é fascinante!

Acabo de voltar dos EUA, em mais uma aventura na minha amada Orlando. Desta vez foram 9 dias de pura emoção com minha amiga Kérow, bastante tempo para conhecer tudo devagar, ao contrário do que foi minha primeira experiência em Orlando, correndo contra o tempo com minha amiga May.

Mas o que observei muito desta vez, foram os percalços linguísticos que enfrentamos. Com o inglês me comunico, afinal de contas sou professora da língua e tradutora, mas essa não foi a língua que me deu trabalho. Não sei se esse povo não estudou geografia mundial na escola ou o que foi, mas era ouvir a frase "I'm from Brazil" que começava um "Hola, que tal" sem fim.

Onde foi que esse povo aprendeu que brasileiro fala espanhol?? Bom, talvez porque muitos brasileiros que nunca estudaram espanhol de fato achem que falam espanhol e saiam por aí abusando de seu portunhol. Mas não é horrível a pessoa falar com você, você compreender 95% do que ela fala, mas não ser capaz de responder porque simplesmente você não consegue montar uma frase em espanhol?

Qual é o problema em falar inglês? Fomos em 4 pessoas, todas falantes fluentes de inglês, mas tínhamos que ficar aguentando os "Buenos días" e "Esto es dos dolares". Ei, nada contra a língua espanhola, cuja comecei a estudar ontem, a propósito, mas não, nós não falamos espanhol.

Provavelmente eles acham que soltando o Almodovar de dentro do peito, estão nos ajudando a entender melhor, entretanto, não fazem a menor idéia do quanto isso dificulta e confunde as coisas - e pode muito mais facilmente nos levar ao erro. Sou a favor de todos tentarem aprender outras linguas. Mas usem-nas com as pessoas certas, oras. Se você tá aprendendo português, treine com um Brasileiro. Se vc ta aprendendo espanhol, poutz, não vá treinar com brasileiro, oxente! PEgue um espanhol, um peruano, um colombiano, um equatoriano... tem tanta gente!

Exemplo de pessoa que utilizou muito bem o português: estávamos nós passeando pelo outlet, quando um ser nos pára tentando vender alguma porcaria de massagem. Ele pergunta de onde somos e quando respondemos "Brasil", ele diz: "Do you know my friend?" e a gente "Which friend?" e ele "Antônio" - bate na perna - "Nuneees". JURO! RAchaaaaaaamos de rir! Na volta passamos por ele de novo, ele nos grita e fala "Aaaahhh molequeeee" Foi muito engraçado e uma bela tentativa de nos comunicar que ele de fato sabia algo que vinha do Brasil. Mesmo sendo coisas ridículas do Pânico! Tá valendo!

Então, gringada, let's get it straight: Brasileiro não fala espanhol. E tenho dito!

Nenhum comentário: