Quote of the day

sexta-feira, 25 de julho de 2008

Despedidas

Bom, agora que estou há 15 dias de chegar no Brasil, estou com uma sensação muito estranha. Quarta-feira vou pra Alemanha e depois pra Itália e dia 09/08 estarei no Brasil, com a graça de Deus.

Se fosse há 2 meses ou mais atrás, eu estaria pulando de alegria, sem dormir de ansiedade, mas a verdade é que nos últimos dias comecei a sentir falta de Londres. Quando vou pra escola, dentro do ônibus eu não faço nada além de olhar pra cada pedacinho de tijolo, para cada letreiro em inglês, para cada esquisitice britânica... O fato é que eu odeio despedidas!

É sempre assim! Quando você começa a se apegar, tem que dizer adeus. Tenho uma super amiga que mora em Natal. Quando ela morava em Brasília, nós éramos inseparáveis, e de repente o pai dela resolveu voltar pra terra dele. Foi um tapa na cara! Foram os dois anos mais intensos da minha vida aqueles em que ela morou aqui, e até hoje dói muito saber que ela não está mais quando eu preciso dela. Outra coisa que a gente sempre tem que se despedir: babá / secretária do lar. Perdi as contas de quantas vezes me apeguei a alguma delas, e por alguma razão elas foram embora, como se fossem apenas funcionárias, como se já não fizessem parte da minha vida de nenhuma forma! Professores queridos, entes falecidos, modas, manias, viagens, músicas... Há sempre pra quem dizer "goodbye"!

Alguém já avisou que isso não tem a menor graça?! Poxa... por que eu não posso levar comigo meus amigos italianos, coreanos, espanhóis, poloneses, croatas...? Por que nunca podemos ficar com aquilo que amamos, sem correr o risco de algum dia ter que dizer adeus? Por que a vida tem que ser como um revezamento, onde alguém segura o bastão por algum tempo mas depois tem que passar adiante?

Depois de ter desabafado, penso... penso bem e penso que nós sempre levamos um pouquinho daquela pessoa ou lugar ou etc de que nos despedimos. Isso é o nosso passado. Eu trago um pouquinho daquela garota que adorava Chiquititas, um montão daquela que era louca pelos Backstreet Boys, um pouco da Klara (minha amiga de Natal), um pouco das loucuras do segundo grau, uma pitada da inocência do primeiro, a fé de quando fiz Escalada, o entusiasmo de quando passei na UnB... E assim, estou levando comigo um bastante de Londres... da Europa e tudo o que eu aprendi... Vai deixar saudades...

2 comentários:

Kérow disse...

N falei q vc ia sentir saudades?! eu disse.... =D

Klara Alencar disse...

oww amigaa, vc foi e sempre será a amizade mais especial que eu ja tive. E do mesmo jeito que vc carrega um pedaço de mim em voçê eu tambem te carrego em mim!!! Amo muito vc e sinto d++ a sua falta. E nesse tempo q estamos separados ja passaram muitas amigas na minha vida mas vc é a unica que tem um lugar especial!! Espero que um dia a gente se encontre... as vezes penso que sera estranho, pq crescemos e as conversas serão outras, mas ao mesmo tempo sei que sera maravilhoso pode te ver e conversa com vc denovo...
é muitoo bom saber q fui e sou especial na sua vida. Muitoooooooooo obrigadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
um grande beijooooooooo